Música + Informação

Get Up Kids no Carioca Club, em São Paulo

Punknet | 03/09/2017 | Comentários desativados em Get Up Kids no Carioca Club, em São Paulo | Matérias

Sábado, dia 02 de setembro,  vai ficar marcado na memória de muitas pessoas. Depois de quase 20 anos de espera, finalmente o Get Up Kids desembarcou em terras brasileiras. Para fazer, até o momento, o melhor show de 2017.

 

 

 

Foto: Marcello Orsi

Foto: Marcello Orsi

Quase final de tarde e o tempo já estava ficando mais gelado, depois de um dia de sol em SP, quando as portas do Carioca Club em Pinheiros se abriram. Na abertura da noite a banda Horace Green tocou para um público considerável, levando em conta que primeiras bandas em shows sempre levam a desvantagem de tocar para um público mí­nimo. Um show intenso, forte e rápido e muito bem tocado, em pouco mais de vinte minutos a banda passou a mensagem e esquentou quem estava ali presente. Tocando músicas do seu último disco “Jazz Depois da Meia Noite” e do EP “Madeira”, destaque para a música “Ponta Por㔝 que fez todos no local cantarem juntos. O Horace, com pouco tempo de show conseguiu mostrar por que é uma das mais interessantes do cenário atual independente do Brasil.

 

 

36838531882_f3521cf32d_z

Foto: Marcello Orsi

Uma pequena pausa, e no palco o Hateen já estava pronto para seu show, com um set todo em inglês, a banda reviveu sua fase 90, tocando músicas apenas dos discos “Hydrophobia”, “Dear Life” e “Loved”, ainda rolou um cover de Sunny Day Real Estate, para mexer com os corações da galera. Com a casa cheia, a banda pode mostrar todo seu poder com o público, que cantava todos os sons com aquele sentimento de nostalgia e já se preparando para o que iriam ver mais pra frente no palco.

 

 

Foto: Marcello Orsi

Foto: Marcello Orsi

A banda americana formada em 94 em Kansas City, Estados Unidos, demorou quase vinte anos para pisar em terras brasileiras, no meio desse tempo todo, eles acabaram, fizeram reunião, turnê de aniversário de disco clássico, voltaram e gravaram disco novo. Com um atraso, mas nunca fora de tempo, O Get Up Kids chegou para fazer o melhor show do ano. Casa cheia, pessoas com seus trinta anos parecendo adolescentes de dezessete, muita gente ainda não tinha se ligado que veria a banda ao vivo, as cortinas se abriram quando “Holiday” começou, a partir dali o  jogo já estava ganho. A banda focou nos dois primeiros discos, os clássicos “Four Minute Mile” e “Something To Write Home About”, mas teve espaço também para músicas do “On A Wire” e “Guilt Show”. Clássicos como “Action and Action”, “Ten Minutes”, “No Love”, “Don’t Hate Me”,  “I’ll Catch You” foram cantados a todos pulmões pelo público, surpresas boas como “Forgive and Forget”, “Valentine” e ainda covers de The Cure e Replacements agitou e emocionou a casa. Simpáticos e divertidos, os integrantes sentiam toda a energia brasileira no show de uma hora e meia, que não perdeu a força em nenhum momento. Depois de dois bis e o final sensacional com “Shorty” o Get Up Kids se despediu com a promessa de que não vai demorar mais vinte anos para voltar e assim a gente espera.

 

O melhor show de 2017 já tem dono, apesar de ainda faltar muita coisa boa pela frente, não tem como superar uma banda que fez valer a espera de muitos anos. O Get Up Kids fez o ano de muita gente o melhor de suas vidas. A POWERLINE se mostrou novamente que estão trabalhando para ser uma das melhores produtoras de shows no Brasil. Outro evento impecável e bem organizado.

 

 

 

 

 

 

 

Para conferir mais fotos clique aqui.

 

 

Texto: Matheus Muniz e Loyse Campra

Fotos: Marcello Orsi

Comments

comments