Música + Informação

Entrevista: Musica Diablo

Punknet | 22/07/2010 | Comentários desativados em Entrevista: Musica Diablo | Matérias

0

 

O Musica Diablo é muito mais do que um projeto. Vai além da união entre André e Edu do Nitrominds, Derrick do Sepultura e outras figuras carimbadas do underground, é a volta ao bom e velho metal no melhor da sua antiga forma mas sem saudosismos, atualizado, revigorado e somado ainda a um HC na sua concepção mais nervosa. Com disco produzido por Rafael Ramos e depois da tour realizada na Europa em maio deste ano, eles estréiam nos palcos Brasileiros em setembro próximo. Confira abaixo a entrevista com o guitarrista da banda:

Punknet: Musica Diablo é uma volta aos bons e velhos tempos do "metal efetivamente pesado e agressivo"?

André: Acho que é povo que está dizendo isso, né? Claro, existem mais bandas aqui no Brasil fazendo isso, vide o Violator de DF; eu queria fazer esse som ai faz tempo, encontrei uma brecha no Nitrominds e comecei esse projeto há uns dois anos, aos trancos e barrancos acabou dando certo.

Punknet: Todo mundo sabe que o vocalista Derrick veio do Sepultura e que você e o Edu são do Nitrominds, mas todos, inclusive vocês dois, tiveram bandas de metal no passado. Quais eram as bandas e influências da época?

André: Eu toquei no Guillotine, o Edu no Menace, a gente escuta a mesma merda desde aquela época, não mudou muito. Slayer, Anthrax, Kreator, Metallica, bem por aí.

Punknet: Você esteve inserido no circuito underground desde o final dos anos 80, neste período, como disse, tocou no Guillotine, há alguma semelhança entre esta antiga banda e o Musica Diablo? Alguma composição sua, alguma base ou riff "das antigas" tomou vida novamente com esta nova banda?

André: Acho que não, eu era bem tosco naquela época, comecei o Guillotine eu tinha… sei lá… uns 12/13 anos de idade, os riffs amadureceram com o tempo, ganhei técnica, velocidade e palco nesses anos todos, hoje é outra pegada, o lance da época era ser, ou tentar, ser o mais técnico possível, o MD tem uma pegada HC muito forte também.

Punknet: Se compararmos o circuito "metal" e underground dos anos 80 e 90 com o de hoje o que mudou tanto para melhor quanto para pior? O que falta ainda no Brasil?

André: Bom, eu vivo dizendo, que o Brasil ainda está nas fraldas se você for comparar com qualquer coisa que rola fora daqui. Músico aqui é sinônimo de vagabundo. Eu vivi coisas bem legais na minha adolescência, como a união que tínhamos entre as bandas e na cena, aonde ia um, iam todos. Ainda falta muita estrutura para se tocar e respeito por parte dos contratantes. 

Punknet: Como vocês fazem na hora de acertarem a agenda de shows do Musica Diablo sendo que boa parte da banda já é comprometida com outros trabalhos?

André: Isso tem sido um problema, mas temos alguns meses que o Sepultura não tem shows, tudo é agendado com muitos meses de antecedência, então sabemos a exata época que podemos tocar, como foi na Europa esse ano em maio e como vai ser nos meses de setembro, outubro e novembro.

Punknet: O Musica Diablo tem prazo de validade pré definido?

André: Musica Diablo veio pra ficar! A gente conseguiu boas críticas do disco, a tour foi bem, bastante gente interessada em ver essa banda ir pra frente; mesmo o Derrick está super animado com o resultado.

Punknet:…E as gravações, há alguma peculiaridade quando resolveram gravar? Como foi a produção?Na sua opinião qual a melhor faixa?

André: Eu gosto de todas as faixas, porque foi um processo longo, fizemos 17 músicas e ficou apenas 11, a produção foi do Rafael Ramos, brother nosso, gravamos o disco no Rio e as vozes em SP, tudo em uma semana praticamente. Foi tudo acontecendo muito rápido. Eu coloquei um myspace bem tosco no ar, apareceu um empresário gringo. Depois disso gravadora, turnê, disco pra gravar etc.etc. A gente foi fazendo tudo no tempo certo, mas foi bem correria.

Punknet: Para finalizar… Como está a agenda do Musica Diablo? Passe os links da banda. André: Começaremos os shows no Brasil em Setembro. Temos algumas datas já. 10 de setembro será a estréia da banda no Brasil, no Porão do Rock em Brasília; 25 de Setembro no Inferno Club em SP, quem oferece é a Vans. Estamos em negociação em outros lugares também.

facebook: http://www.facebook.com/musicadiablo
myspace: www.myspace.com/musicadiablo
site: www.musicadiablo.com

Eduardo Zambetti – eduzambetti@yahoo.com.br

Comments

comments