Música + Informação

Maybellene, this can’t be true

Renata Py | 18/03/2017 | Comentários desativados em Maybellene, this can’t be true | Notícias

Johnny, Nadine, Anthony Boy estão órfãos. O mestre se retirou para descansar. O mundo está confuso demais. Seu filho mais velho, Rock ‘n Roll, sobrevive aos trancos e barrancos.
Mas o pai deixou tudo para ele seguir adiante e milhares de súditos talentosos continuam enfeitiçando gerações.

Chucky Berry criou história, é apontado por muitos entendedores como o inventor do rock ‘n roll. Se você aí tem alguma camiseta de banda e vários vinis numa estante, agradeça ao mestre. Hoje ele deve estar batendo um papo com seu ídolo, e tenho certeza que o céu ao som de Chuck e Muddy Waters deve estar bem mais divertido que aqui.

Esse assunto me fez lembrar quando Keith Richards premiou Berry no Hall da fama: “É difícil pra mim apresentar Chuck Berry, porque eu copiei todos os acordes que ele já tocou!”. Keith sempre foi um fã declarado de Chuck. Em 1986 ele organizou para seu ídolo um show para comemorar seus 60 anos, realizado em Saint Louis. Nele foi filmado o documentário “Hail! Hail! Rock ‘n’ Roll”, no qual Chuck Berry tocou acompanhado de Etta James, Julian Lennon, Robert Cray e Eric Clapton, entre outros convidados. Assistam! Foi um dos seus últimos grandes momentos na mídia.

Descanse em paz, mestre. Já nos deixou muito. Nos ensinou rebeldia, Duck Walk, paixão e música boa. Cuidaremos de seu filho mais velho e tentaremos mantê-lo sempre rebelde, dançante e único. Não será fácil sem você, mas é o mínimo que podemos tentar fazer. Obrigada.

 

Por: Renata Py

Comments

comments